Skip to content
Plano Funerário

Velório de famosos: Sentimento ou oportunismo?

velorio de famosos

A vida dos famosos é cercada por muita mídia, que divulga diversos fatos, muitas vezes falsos, e clica momentos íntimos no intuito de ganhar audiência em cima da privacidade alheia.

Isso ocorre não só no Brasil, mas em todo o mundo, com essas personalidades perdendo seu direito de vida privada em relação aos eventos como casamentos e aniversários, além do nascimento dos filhos expostos pela mídia desde cedo.

Mas há um ponto muito mais sensível e que é, talvez ainda mais, explorado pela mídia: o falecimento dos famosos.

O velório de famosos costuma ter uma ampla cobertura da mídia e torna-se um verdadeiro espetáculo para jornais televisivos.

Será que tudo isso é baseado em sentimentalismo pelo famoso que veio a falecer ou trata-se de oportunismo dos grandes canais de mídias digitais e tradicionais em busca de audiência?

Isso é o que você agora verá neste artigo, acompanhe!

Velório de famosos: o que está por trás de tanta cobertura?

Velório de famosos: há sentimento ou oportunismo?

Quando uma pessoa famosa falece, logo uma verdadeira comoção toma conta de todo o país, com os fãs sofrendo muito a perda de seu ídolo.

Os velórios de famosos, normalmente, são sempre marcados pela grande cobertura da mídia, além da presença aberta ao público para se despedir.

Obviamente, há muitos fãs que desejam ter a oportunidade de prestar uma última homenagem, como no caso do velório do Gabriel Diniz, que estava no auge do sucesso e que recebeu tantas pessoas que nem todas conseguiram entrar.

Por outro lado, a cobertura em massa das mídias foi enorme visando, é claro, conquistar um pouco mais de audiência sobre a comoção de milhões de pessoas por todo o Brasil que não poderiam comparecer ao local.

Outro exemplo de espetacularização, mas dessa vez por parte dos “fãs”, pôde ser visto no velório de Marcelo Rezende, contrastando com a comoção de amigos e familiares.

Alguns fãs assediaram as celebridades que chegavam ao local, para despedir-se do amigo, tirando fotos, gravando vídeos e até mesmo cantando coros e gritos totalmente incondizentes com a situação.

Um outro velório que causou grande comoção em parte dos brasileiros e gerou muita discussão sobre o sentimentalismo ou oportunismo foi o da ex-primeira dama Marisa Letícia.

Por outro lado, o velório da blogueira Nara Almeida e do jogador Thalles contaram com bem menos visibilidade da mídia em comparação a outros, mas mesmo assim foram bastante explorados por sites e canais de TV.

Talvez um dos casos mais emblemáticos de falecimento e velório de famoso (além do sepultamento) que tenha causado grande repercussão na mídia foi o do cantor Cristiano Araújo, morto em 2015 em um acidente de carro.

Enquanto milhares de fãs choravam a morte precoce do cantor em todo o país, as emissoras de TV faziam uma intensa e sensacionalista cobertura de todas as cerimônias fúnebres, desde o velório até o sepultamento do cantor.

Isso gerou diversas críticas a alguns canais que gravaram, ao vivo, o enterro do músico com o intuito de gerar mais audiência em cima da comoção de fãs, amigos e familiares no local.

O velório de Caio Junqueira foi outro marcado por muita comoção e que contou com uma ampla cobertura da mídia, principalmente por conta das circunstâncias da morte do ator por conta de um trágico acidente.

Velório de famosos: grandes tragédias

velorio de famosos

Se há algo que comove muita gente são as tragédias envolvendo mortes coletivas, como foi o caso do acidente do avião da Chapecoense e o tiroteio na escola em Suzano.

O velório das vítimas do voo da Chapecoense na Colômbia foi marcado por muita comoção, visto que abalou o Brasil inteiro pela grande tragédia que foi.

Além disso, a espetacularização da mídia fez-se notar nesse momento, aproveitando-se do clima de tristeza geral e do desejo de fãs em todo o país para acompanhar tudo referente a esse velório de famosos e desconhecidos.

Outro velório coletivo que marcou o Brasil foi o das vítimas do tiroteio em uma escola em Suzano, ocorrido no começo do ano.

Não só o próprio velório, mas toda a tragédia em si teve ampla cobertura, principalmente por ter acontecido em uma escola e não ser um fato comum no país.

Velório de famosos: o que está por trás?

A pergunta que fica é o que está por trás da grande cobertura que os velórios de famosos recebem de todo o país: seria sentimento ou oportunismo?

Enquanto muitos fãs realmente ficam desolados quando um ídolo falece, outras pessoas parecem apenas aproveitar-se do momento trágico, em que há uma grande comoção.

A mídia, principalmente, mostra estar sempre atrás de audiência e parece ver essas situações como uma oportunidade para atrair telespectadores, mesmo que isso não seja desrespeitoso com amigos, familiares e fãs que estão sofrendo.

Conclusão

Como você viu, os velórios de famosos sempre abalam bastante o país e chamam a atenção da mídia, que faz sempre uma cobertura em forma de espetáculo.

E o que você acha? O que ocorre em velório de famosos é sentimento ou oportunismo pela maior parte das pessoas e da mídia? Deixe seu comentário abaixo com a sua opinião. 

Gostou do artigo de hoje sobre os velórios de famosos?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.